.Tudo se rezumee a istoo



» Já perdoei erros quase imperdoáveis, tentei substituir pessoas insubstituíveis e esquecer pessoas inesquecíveis. Já fiz coisas por impulso, já te abracei para me proteger, já dei risadas quando não devia, fiz amigos eternos, amei e fui amada.


Já gritei e pulei de tanta felicidade, já ri em alto e bom som até me doer a barriga, já ri até chorar. Já nadei até perder o fôlego, já chorei até adormecer. Já me escondi atrás das cortinas e esqueci-me dos pés de fora, já apanhei banhos de chuva. Já fiz loucuras que só eu sei, já confundi sentimentos, já andei no caminho errado e continuo a andar pelo desconhecido. Já chorei a ouvir música no autocarro. Já disse disparates, já meti os pés pelas mãos.


Fiz juras eternas, já chorei sentada no chão do meu quarto e na banheira com água a correr, já fugi de casa para sempre, e voltei no instante a seguir. Já sai para andar sem rumo, sem nada na cabeça, a ouvir os meus próprios passos. Já corri para não deixar alguém a chorar, já fiquei sozinha no meio de mil pessoas a sentir falta de uma só. Já ouvi criticas que não consegui aceitar e elogios que me deixaram sem jeito. Já vi o por do sol cor-de-rosa e alaranjado, já olhei o Porto de cima e mesmo assim não encontrei o meu lugar. Já tive medo do escuro, já me apaixonei e achei que era para sempre, mas era sempre um 'para sempre' pela metade. Já me deitei de madrugada e vi a Lua virar Sol, já vi amigos partir, mas descobri que rapidamente chegam novos. Já menti, já andei descalça enquanto chovia, já disse a verdade desejando que fosse mentira, já ri com vontade de chorar.

Já tentei interpretar o silêncio, já acordei e adormeci pensando na mesma pessoa, já fui mais feliz durante 24h do que durante 2 anos, já chorei de felicidade com uma simples mensagem, já senti falta de alguém sem nunca a ter tido por perto. Já liguei só para escutar uma voz. Já me apaixonei por um sorriso. Já vivi de amor e fiz juras eternas! Já tive medo de perder alguém! Já me arrependi de muita coisa.


O melhor é ir á luta com determinação, abraçar a vida e viver com paixão, perder com classe e vencer com ousadia, porque o mundo pertence a quem se atreve. O tempo faz tudo valer a pena. E nem o erro é desperdício.

1 comentário:

  1. que texto'zoes amor *.*

    amo-tee minha Catarina :)

    e és silva como eu (hh)

    ResponderEliminar